Todo desenvolvedor tem um pouco de vendedor? Saiba mais.

Tempo de leitura: 5 minutos

Se existem dois profissionais que são fundamentais para uma empresa, sem dúvidas são: o desenvolvedor e vendedor.

Ambos com suas particularidades, mas com muito em comum.

Afinal, qual a relação entre esses dois profissionais? Será que todo desenvolvedor tem um pouco de vendedor?

Esclarecendo o conceito de vendas?

Primeiramente, é importante dizer que o conceito de “vendas” pode variar de acordo com o mercado que você atua.

Mas, uma definição simples de vender é: estipular um preço para determinado produto ou serviço e transferir a titularidade para outra pessoa que pagar este valor.

Mesmo não sendo um líder de uma equipe de vendas, ou nem mesmo fazendo parte dessa equipe, de uma forma ou de outra é necessário lidar com vendas, uma vez que esse time sempre vai existir dentro de uma empresa.

Embora seja fácil romantizar o processo de vendas, ele não se resume apenas em almoços de três horas com clientes e gastar um bom tempo em tentar convencer alguém a querer fechar negócio.

Eventualmente, isso pode fazer parte da rotina de um vendedor. Porém, esse processo começa muito antes de chegar nas mãos do representante comercial.

Cada empresa aborda o processo de vendas de maneira diferente

Isso pode parecer clichê, mas não existe “o melhor jeito para conseguir fechar um negócio”. Existem dicas e boas práticas, é claro. Mas tudo isso depende muito do mercado, do produto ou serviço, do local, da persona, etc.

São muitas variáveis!

E como descobrir qual o processo ideal de vendas para o seu negócio? Bem, para isso, você precisa utilizar indicadores para avaliar o desempenho do time comercial.

Mas é preciso lembrar que independentemente do negócio, como citado no tópico acima, as vendas começam muito antes do time de vendas.

E o que dizer sobre isso?

Bem, a venda faz parte de todos os processos e de todas as profissões. E se você não está em uma equipe de vendas, não se engane! Isto não significa que seu trabalho não seja vital para o sucesso e a assinatura de um contrato.

E hoje eu vou falar sobre o papel do desenvolvedor nas vendas de uma startup ou empresa.

As vendas são tão importantes quanto a codificação

Há quem pense que é possível criar um software perfeito e, com isso, os clientes vão encontrá-lo magicamente e comprar.

Mas nós sabemos que não é bem (nada) assim, né?!

Na realidade, não importa quão bom seja o seu produto ou serviço, você ainda precisa conscientizar as pessoas sobre ele.

Este é o papel do marketing e das vendas. Mas também é uma parte muito importante do processo de desenvolvimento de software de um desenvolvedor.

E a pessoa desenvolvedora deve saber: o profissional de TI é fundamental para que o vendedor concretize uma venda.

Afinal, se ninguém sabe que seu produto existe e como ele melhora suas vidas, é difícil conseguir vender milhões.

Um combo do processo: do desenvolvedor ao vendedor

Pensando mais detalhadamente como funciona o processo de vendas, desde o desenvolvimento do seu produto e serviço até a assinatura no contrato.

Tudo se trata de gerenciar como as pessoas percebem a sua empresa e o seu produto/serviço:

  • Publicidade (TV, web, impressão, etc);
  • Aquisição de clientes (vendas, reuniões individuais, etc.);
  • Qualidade do produto (confiabilidade, facilidade de uso, etc);
  • Design de produto (estética visual, “cool factor”, etc);
  • Satisfação do cliente (suporte, gerenciamento de conta, etc);
  • Relações públicas (redação, eventos, etc);
  • E muito mais.

Verdade é que sempre que se age, existe um impacto sobre como alguém se sente sobre o seu produto. Toda vez que você atua, você se envolve em vendas. Vamos ver um exemplo?

  • Você pode refatorar algum código que acelera as consultas de banco de dados do seu software;
  • Seus clientes percebem a melhoria da velocidade;
  • Eles sentem que o software é mais rápido e confiável;
  • Eles estarão mais inclinados a continuar usando seu produto e podem aumentar seu uso ou promovê-lo a seus colegas de trabalho;
  • Sua decisão como desenvolvedor de software acaba de aumentar as vendas da sua empresa.

Que tal outro exemplo?

  • Você pode se comprometer a fornecer uma maior qualidade de suporte ao cliente;
  • Os clientes notam que a equipe de suporte responde rapidamente às suas perguntas e que suas preocupações são recebidas e consideradas;
  • Os clientes satisfeitos são clientes fiéis, que ficarão com sua empresa e provavelmente cantarão suas bênçãos para colegas e amigos;
  • Mais uma vez, suas ações aparentemente sem vendas afetaram as vendas de uma maneira muito real.

É isso: todo desenvolvedor tem um pouco de vendedor.

A maioria das decisões tomadas por desenvolvedores, designers – profissionais da área de tecnologia de modo geral – são, na verdade, uma decisão que impacta na empresa de forma genérica. O que influencia na decisão final do comprador!

Pode ser que essas ações não gerem resultados imediatos, mas ao longo do tempo esse processo contínuo de expansão e aprimoramento pode ter um efeito enorme em seus resultados finais.

Portanto, se você é uma pessoa desenvolvedora que ignorou o processo de vendas no passado, lembre-se de que não se trata apenas de fazer anúncios e fechar negócios. De certa forma, todos são parte da mesma equipe.

É importante saber de assuntos de outras áreas. Por exemplo, o time de vendas. Saiba como melhorar a gestão do seu tempo de vendedor, lendo você pode ter insigths de como contribuir com os seus colegas de trabalho. E, consequentemente, para o crescimento da empresa.

*Este artigo foi escrito pela equipe da Clientar CRM, uma plataforma completa e intuitiva para fazer a gestão das vendas do seu time. Quer ler mais sobre vendas? Conheça o nosso blog!

1 comentário

  1. Rafael Lima

    Otimo artigo.
    A maioria dos formandos ou estudantes de SI acreditam que estão formando devs somente programadores e esquece a essência do mundo atual.
    Novidades, marketing 4.0, consultorias, tomadas de decisões, projetos empresariais para o futuro.
    Com a crescente expansão, ha oportunidades, e muitos insights que despertam ações para por em prática.
    Um grande abraço a equipe e parabens pelo artigo!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *