Entrando no mercado de TI: 5 dicas para sua mudança de carreira

Tempo de leitura: 3 minutos

Hoje em dia, é fato que a área de Tecnologia da Informação está em constante crescimento. Visto a quantidade de pessoas desempregadas, é normal que muitos mirem os olhos para esta área promissora. Assim, quero compartilhar neste artigo algumas dicas que me ajudaram na minha decisão de mudança de carreira para TI.

Confira 5 dicas para guiar a sua mudança de carreira

A primeira coisa que te pergunto é por que você quer entrar para o mundo da TI? O que te motiva a procurar essa carreira? As respostas para essas perguntas vão te ajudar a encontrar forças para encarar os percalços que vierem a aparecer.

enjoythecode

Primeira dica:

Tenha isso como uma dica importante: Tire um tempo para fazer uns exercícios de autoconhecimento, se conheça, leia livros, medite. Enfim, encontre a melhor forma de tirar um tempo para descobrir quem você é e porque você quer seguir por essa estrada.

Segunda dica:

Faça cursos FREE. Explore todos os cursos gratuitos que você puder, não gaste dinheiro nesta fase de descoberta. Leia artigos, revire o youtube de cabeça para baixo.

Com esses cursos, você vai ter a oportunidade de ver se é isso mesmo que você quer. Várias são as plataformas que oferecem cursos gratuitos, abuse delas. Meetups também são ótimos, tanto para networking quanto para se inteirar sobre novidades e o que está sendo mais usado hoje em dia. 

Terceira dica:

Quando você encontrar o conteúdo que te interessa, comece a pensar em investir uma graninha para estudar um pouco melhor. Entre com mais foco nos estudos e ministre seus esforços para absorver o máximo que você puder, faça projetos pessoais, se arrisque a desenvolver alguma coisa.

Quarta dica:

Hora de propaganda, se mostre para o mundo. Vá em congressos, participe de eventos promovidos por empresas de tecnologia,  converse com pessoas da área. Não tenha medo de perguntar, mostre seu empenho e esforço.

Faça e use seu networking, utilize as redes sociais a seu favor, principalmente o LinkedIn. Você pode ser iniciante ou júnior, mas venda seu potencial para as empresas

Quinta dica:

Essa vai ser mais como um conselho do que propriamente uma dica. Ignore o medo de enviar seu currículo. Um “não” você já tem, agora é hora de ir atrás de uma resposta diferente. Você pode achar que precisa fazer mais, para enviar seu currículo, mas isso nem sempre é verdade. Há pessoas que preenchem 60% dos requisitos da vaga e mesmo assim são contratadas.

Se você confia no seu currículo, tem conhecimento o suficiente e acredita que tem potencial para aprender o que a vaga pede, não tem motivos para não se candidatar.

Tenha em mente que você vai receber muitos “nãos”, portas vão se fechar, muitas vezes você vai discordar, pode até ser que fique bravo com as negativas que receber. E eu tenho um conselho bônus para te dar: Não se desanime. Pegue cada experiência negativa absorva o que tiver de bom, se fortaleça e bola para frente. Persista no seu objetivo, sempre de cabeça erguida e mente aberta. 

Conclusão

Por fim, essas são algumas dicas que segui durante minha trajetória de mudança de carreira, não é uma lista para ser seguida, encontre seu caminho e trilhe à sua maneira. Que este artigo seja apenas uma bússola para você saber por onde onde começar. Aqui fica meu desejo de boa sorte e um vai com tudo que o céu é o limite.

 

Confira aqui as redes sociais da autora: LinkedIn | GitHub | Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *