JavaScript e o Mal do Netflix

Tempo de leitura: 2 minutos

Fala galera, beleza? Meu nome é Mateus e estou aqui pra te apresentar um novo framework JavaScript. CALMA! Antes da frase “mais um framework js” vir a sua cabeça, vamos entender objetivo do CapivaraJS.

Mal do Netflix nos frameworks JavaScript

Atire a primeira pedra quem nunca perdeu um bom tempo escolhendo o que assistir na netflix. Isso acontece pois em meio a tantos filmes e séries ficamos indecisos de qual assistir.

A comunidade front-end está passando por esse problema. Quando vamos iniciar um novo projeto nos deparamos com tantas opções de tecnologias que fica difícil decidir qual utilizar, no entanto temos que escolher a melhor opção naquele momento. Principalmente quando falamos de frameworks JavaScript

Um novo problema acontece quando a nossa escolha já não satisfaz mais as demandas do projeto, então surge a necessidade de migrar todo código fonte para outra tecnologia.

Objetivo

O CapivaraJS tem como objetivo deixar seus componentes independentes de uma tecnologia, possibilitando uma migração sem muitos impactos.

Para entender um pouco melhor, vamos imaginar que hoje você decida iniciar um projeto utilizando AngularJS e todos os componentes sejam feitos em CapivaraJS. Se no futuro houver a necessidade de uma troca de tecnologia, a única parte do código que será afetada é o AngularJS, já os seus componentes em CapivaraJS estarão seguros quanto a migrações pois o mesmo é um framework híbrido.

Porque CapivaraJS?

Podia ser pior, podia ser JhenifferJS.

Em uma roda de amigos conversando sobre o projeto, citamos vários nomes, acredite! JhenifferJS era uma das opções.

CapivaraJS também era uma opção, todos ficaram intrigados com a ideia, afinal, não é um nome que esquece tão fácil não é mesmo?

Então optamos por escolher capivara mesmo sem uma razão real, mas por soar divertido.

Por onde começar?

O site oficial tem uma documentação muito completa, além de exemplos do CapivaraJS executando com outros frameworks conhecidos, acesse https://capivarajs.github.io/

Considerações finais

Mais do que divertido é funcional porém no mundo do desenvolvimento não existe bala de prata, mas acredite, o CapivaraJS pode ser seu principal aliado em projetos de longo prazo.

Estou disponível para tiver dúvidas e ouvir sugestões, deixe seu comentário aqui, ou se preferir, me chame nas redes sociais para batermos um papo.

Importante lembrar que o framework JavaScript CapivaraJS é totalmente open source e você pode ser um contribuidor.

Isso é tudo pessoal.

javascript e o mal do netflix

Github: https://github.com/mateusmirandaalmeida

Facebook: https://www.facebook.com/mateusmiranda.20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *