Realidade virtual e saúde! Conheça o procedimento que oferece melhor experiência na vacinação.

Tempo de leitura: 3 minutos

A VR Vacina é uma estratégia que faz o uso da realidade virtual para manter as crianças mais corajosas na hora da vacinação.

Quem tem filhos sabe bem do que estou falando.
Medo, angústia e até pânico fazem parte do contexto na hora de vacinar uma criança, não é mesmo?

Um problema que existe

De acordo com o pediatra e homeopata Moises Chencinski, “Para algumas crianças, o medo de agulhas e vacinações, antes de receber a injeção, é tão grave que elas experimentam mais dificuldades relacionadas à dor, logo após a vacinação, e também aprendem a evitar futuros procedimentos e compromissos médicos” disse ele em uma matéria do EcoDebate do dia 07/02/2018.

Portanto, muito mais importante do que o choro ou a birra na hora de tomar a vacina é o trauma que pode se instaurar. Muitas vezes, ele pode permanecer por longos anos na vida de alguém.

Com o propósito de ajudar pais e mães, que sofrem esse momento difícil, surgiu a VR Vacina.

Quer saber mais sobre ela?

Então leia esse artigo e veja que interessante essa estratégia inteligente de realidade virtual!

O que é a VR Vacina?

A VR Vacina é uma ação do Hermes Pardini. Um importante laboratório de MG voltado à medicina, saúde e bem-estar. A vacina foi desenvolvida pela Ogilvy Brasil, do grupo WPP, o maior de comunicação do mundo.

Como ela funciona?

É bem simples!

Primeiramente, quando a criança chega em uma unidade do Pardini, para ser vacinada, ela recebe os óculos de realidade virtual. Ele é responsável por levá-la a um universo lúdico em 360°. Enquanto isso, o profissional prepara e aplica a vacina.

O que ela vê é um personagem parecido com aqueles dos jogos de RPG. Então ele pede a ajuda da criança para salvar o seu reino. 

Então, o amiguinho virtual coloca um “poder especial” no braço da criança. Nesse exato momento a vacina é aplicada.

Com isso, de uma forma divertida e descontraída, as crianças não só encaram o medo da agulha, como também se sentem verdadeiros heróis.  

Cláudio Lima, VP nacional de criação da Ogilvy Brasil, vai além e menciona a estratégia como uma inteligente oportunidade de negócio. “O que é mais interessante nessa ideia é que conseguimos dar a tecnologia de realidade virtual a uma utilidade prática, que resolve um problema e cria uma oportunidade de negócio para o cliente, o primeiro a oferecer esse tipo de serviço. E, o melhor de tudo, as crianças não choram, o sonho de qualquer pai e mãe“, comenta ele em um artigo para o Hermes Pardini.

Quer ver o vídeo lúdico da VR Vacina? Clique aqui para acessar!

A realidade virtual também pode ser usada como uma estratégia de negócio para muitas empresas

A realidade virtual utilizada na ação da VR Vacina resolve o problema de muitos pais. Ela evita que os seus filhos sofram durante a vacinação infantil.

Para você ter uma ideia, algumas crianças saem correndo, outras se recusam a ser vacinadas e acabam por ser seguradas. Além disso, diversas delas ainda precisam retornar outro dia para o procedimento por ficarem muito estressadas.

Então, o aborrecimento para os pais pode ser ainda maior do que apenas o sofrimento dos filhos.

De qualquer forma, a estratégia do Hermes Pardini resolve um problema de maneira eficaz e é por isso que ela é extremamente promissora.

E você? Acha que tem espaço para o uso da realidade virtual em um negócio?

Para o laboratório, um simples vídeo lúdico em 360° está fazendo toda a diferença.

Será que uma estratégia como essa da VR Vacina pode fazer também na sua empresa?

Pense nisso!

 

diferença entre profissoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *